terça-feira, 10 de junho de 2014

Quando você chegou


Foi quando eu deitei minha cabeça no seu peito que eu tive certeza que era ali onde eu queria passar os próximos 50 anos. Eu te escolhi pelo olhar, pelo toque, pelo cheiro. Eu te escolhi pela sensação de paz, de calma, de serenidade. Eu te escolhi, porque eu soube desde o primeiro momento que não havia lugar no mundo melhor que nos seus braços. Você me vira do avesso, me vira a cabeça e mesmo assim eu me sinto plena. Você me prende e ainda assim eu me sinto livre. É como se sempre tivesse sido você, mesmo antes de ser. Acho que já estava predestinado assim, antes mesmo de nos conhecermos. Porque de alguma forma eu sabia que algum dia você iria chegar, eu tava esperando por você já tinha um tempo, e toda essa espera valeu a pena quando você chegou me invadindo, pisoteando os meus medos, passando por cima dos meus bloqueios, expulsando os meus fantasmas. Eu já estava acostumada a ser sozinha, com mil argumentos e um discurso decorado de trás para frente tentando evitar qualquer tipo de aproximação quando você chegou fazendo questão. Não tive nem tempo para pensar, quando dei por mim eu já era sua e vice-versa. Você é quase um anjo, um personagem caído de um conto de fadas direto para a minha vida. E só eu sei o quão sagrado é ser absurdamente feliz. O quão sagrado é acordar todas as manhãs e ter certeza absoluta que nenhum segundo ao seu lado é por acaso. O quão sagrado é ter um lugar pra voltar todos os dias e descansar, longe da loucura do mundo. Porque você foi o único que transformou o mundo em um lugar mais bonito, mais fácil e melhor de se viver. Porque você enxerga as coisas com uma pureza que não existe em mais ninguém. Você me faz acreditar em coisas bonitas, pessoas bonitas, em um mundo melhor. Se o que sentimos um pelo o outro não é amor, é algo bem parecido.

Amanda Sanches

2 comentários :

  1. Que romântico! Que seja eterno!

    ResponderExcluir
  2. Amei! Parabens Amanda. Suas palavras são encantadoras, perfeitas como sempre. beijos

    ResponderExcluir